Oriente Médio pode enfrentar conflito armado em grande escala, caso Qatar 'desobedeça'

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

23 de junho de 2017.

Para o Qatar, será bastante difícil cumprir as exigências de quatro Estados árabes, declaradas há pouco. O especialista do Clube Valdai de Discussões Internacionais, Konstantin Truevtsev, opina que tal situação pode vir a causar um conflito armado sério.

Mais cedo, foi informado que quatro Estados árabes do Golfo enviaram nesta sexta-feira (23) a lista de condições para Doha na quinta-feira pelo Kuwait, quem está mediando a crise diplomática.

Em particular, segundo as exigências, o Qatar tem de reduzir os laços com o Irã, interromper a cooperação militar com a Turquia, incluindo o fechamento imediato da base militar turca em seu solo, e fechar a emissora Al Jazeera. Além disso, os criadores da lista insistem que o Qatar pare de naturalizar seus cidadãos, já os que estão no emirado devem ser expatriados.

As condições não param por aí: Qatar deve entregar todos os qatarianos procurados pelos quatro Estados, entregando um relatório detalhado sobre investimentos dos oficiais à oposição estrangeira.

Também se destaca que o Qatar tem de pagar compensações e denunciar publicamente as relações com grupos islâmicos, e parar de financiar o terrorismo, entregando as pessoas designadas como terroristas pela Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito.

Vela ressaltar que foram dados 10 dias para que Qatar cumpra todas as condições.

Segundo opina Konstantin Truevtsev, a lista de condições possui exigências irrealizáveis:

"Se lermos com atenção as condições do ultimato, o que mais podemos pensar? O ultimato inclui pelo menos três condições irrealizáveis: rompimento dos laços com o Irã, fechamento da base militar turca e fechamento do canal de televisão Al Jazeera", declarou o especialista.

Ele também adicionou que "é uma ameaça enorme tanto material, como ataque contra imagem pública".

Além disso, o especialista apontou que é pouco provável que o Qatar cumpra essas condições: "Duvido que Qatar cumpra essas exigências. Lá também havia forças demonstrativas: as pessoas se juntaram para apoiar o seu emir", concluiu.

No dia 5 de junho, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos, Bahrein e o Egito anunciaram o rompimento das relações diplomáticas com o Qatar, acusando Doha de apoiar organizações terroristas e de desestabilizar a situação no Oriente Médio. A eles se juntaram o Iêmen, o governo interino da Líbia, a Mauritânia, Comores, as Maldivas e Maurício.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201706238713240-qatar-crise-conflito-armado-exigencias/ 

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||