ONU vê 'grande risco' para trégua na Síria e insiste em negociações

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

23 de abril de 2016.

 

O emissário especial das Nações Unidas para a Síria disse nesta sexta-feira que a trégua no país está sob "grande risco" e as partes precisam agir com rapidez, e anunciou que as negociações de paz prosseguirão até a quarta-feira.

"Com base em todos os critérios, a trégua ainda está em vigor, mas há um grande risco se não agirmos rápido", disse Staffan de Mistura em entrevista coletiva em Genebra.

De Mistura convocou uma reunião ministerial de emergência para dinamizar os esforços de paz, já que as discussões com os grupos prosseguirão até a próxima quarta-feira, "como estava previsto" inicialmente.

O emissário da ONU recordou que esta terceira rodada de negociações produziu uma "mudança" na atitude dos grupos e todos já discutem a difícil questão do governo de transição, principal ponto de conflito entre os rebeldes e Damasco.

A oposição, representada pelo Alto Comitê de Negociações (ACN), suspendeu sua participação formal nas tratativas para protestar contra a escalada da violência na Síria, mas deixou em Genebra seus representantes técnicos, que seguem mantendo reuniões.

De Mistura se encontrará na manhã de segunda-feira com o chefe da delegação de Damasco. Nesta sexta-feira, o emissário se reuniu com a "oposição interna", baseada na Síria e tolerada pelo regime. Este grupo não se opõe a manutenção do presidente Bashar al Assad no poder, enquanto o HCN julga imprescindível sua saída.

Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||