Obama pede que chineses parem com exibições de força em relação ao Mar do sul da China, diz CNN

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

02 de setembro de 2016.

A China precisa ser uma potência mais responsável, à medida que ganha influência global, e não exibir a sua força em disputas com países menores sobre temas como o Mar do sul da China, disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em entrevista à CNN, que será transmitida no domingo.

Obama, que se encontra com o presidente Xi Jinping na cúpula do G20 na semana que vem na China, disse à CNN que os EUA apoiam a ascensão pacífica da China, mas que Pequim tinha que reconhecer que “poderes crescentes trazem responsabilidades crescentes”, de acordo com trechos divulgados nesta sexta-feira.

"Se você assina um tratado que pede arbitragem internacional sobre temas marítimos, o fato de que você é maior do que Filipinas ou Vietnã ou outros países não é uma razão para você sair e exibir a sua força”, afirmou Obama. “Você tem que se submeter à lei internacional.”

A China, signatária da Convenção das Nações Unidas sobre Direito do Mar, perdeu recentemente uma disputa sobre o Mar do sul da China. Um tribunal em Haia concluiu que a China não tinha título histórico sobre as águas e tinha infringido os direitos das Filipinas. Pequim rejeitou a decisão.

Obama declarou que Washington havia pedido para Pequim seguir as regras e normas internacionais para ajudar a construir uma ordem internacional forte.

“Onde nós vemos eles violando normas e regras internacionais, como nós temos visto em alguns casos no Mar do sul da China ou em parte do comportamento deles em assuntos de política econômica, nós temos sido muito firmes”, disse Obama à CNN. “E nós temos indicado para eles que haverá consequências.”

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||