Obama e líderes europeus debatem imigração e guerras

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de novembro de 2016.

 

Na última reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e os líderes europeus, os temas de imigração, terrorismo e as guerras dominaram as conversas.   

No encontro desta sexta-feira (18) em Berlim, Obama se reuniu por cerca de duas horas a portas fechadas com a anfitriã Angela Merkel, o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, a premier britânica, Theresa May, o presidente francês, François Hollande e o premier espanhol, Mariano Rajoy.   

Segundo fontes próximas às conversas, a reunião ocorreu em um clima "muito amigável" e o debate sobre a crise imigratória enfrentada pela Europa tomou grande parte do tempo. Já na questão econômica, a conversa focou na manutenção do acordo comercial entre os EUA e a União Europeia, o chamado "TTIP", que o sucessor de Obama, Donald Trump, ameaça romper por ser "nocivo" aos norte-americanos.   

Fontes informaram também que na questão das guerras, tanto a luta contra o Estado Islâmico (EI, ex-Isis), os vários conflitos na Síria e no Iraque, e até mesmo a crise ucraniana com a Rússia, tiveram como pano de fundo a busca por uma saída diplomática para esses problemas.   

Essa foi a última vez que Obama foi à Europa como presidente dos Estados Unidos. Agora, ele parte para o Peru, onde participará pela última vez da cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec). Está previsto um encontro do líder da Casa Branca com o presidente chinês, Xi Jinping, e não está descartada uma conversa com seu homólogo russo, Vladimir Putin.

Fonte: ANSA

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||