Número de mortos em ataques aéreos liderados pela Arábia Saudita no Iêmen sobe para mais de 100

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de março de 2016.

O número de mortos em ataques aéreos liderados pela Arábia Saudita a um mercado no Iêmen subiu para mais de 100, disseram um diretor de saúde provincial e uma autoridade da Organização das Nações Unidas nesta quinta-feira, no que foi um dos ataques mais mortais na guerra que já dura um ano.

O porta-voz general Ahmed al-Asseri disse que a aliança liderada pela Arábia Saudita, em conflito com os houthis, aliados do Irã, desde março de 2015, estava analisando relatos sobre o ataque na província Hajjah.

Ayman Mathkour, diretor do departamento de saúde de Hajjah, disse que o número de mortos dos três ataques aéreos no distrito de Mustaba na terça-feira subiu para 116. Ele colocou o número de feridos em 47.

Mathkour disse que a maioria dos mortos era civil. Moradores estimaram que cerca de 20 mortos eram membros do grupo armado houthi que derrubou o presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi em março do ano passado e forçou o exílio do ex-líder.

A diretora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Iêmen, Meritxell Relano, colocou o número de mortos dos ataques de terça-feira em 119, de acordo com publicação da página da Unicef no Facebook.

Ela disse que havia 22 crianças entre os mortos e seis crianças feridas.

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||