Ministério da Defesa da China: intercepção de avião espião dos EUA foi medida necessária

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

26 de maio de 2016.

O Ministério da defesa da China comunicou na quinta-feira (26) que a intercepção de um avião espião dos EUA por dois caças chineses sobre o mar do Sul da China foi uma contramedida necessária.

O Pentágono tinha comunicado que, no dia 17 de maio, dois caças chineses interceptaram um avião norte-americano que sobrevoava as águas internacionais do mar do Sul da China. O Ministério da Defesa dos EUA tinha classificado este incidente como perigoso. 

Por seu lado, o representante oficial do Ministério da Defesa da China, Yang Yujun, afirmou: “No que se refere à aproximação do avião militar dos EUA do território da China com o objetivo de espionagem, os aviões chineses tomaram as contramedidas necessárias, profissionais, que são legais”. 

Após o incidente, outro representante oficial da China, Hun Lei, disse que os caças chineses na verdade acompanharam o avião espião norte-americano, mas eles mantiveram uma distância segura e não efetuaram quaisquer manobras perigosas. Ele disse também que a China exige a cessação imediata dos voos de espionagem realizados por aviões militares dos EUA, voos que prejudicam a China.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||