Lavrov diz a Kerry que são os rebeldes que impedem evacuação de civis em Aleppo

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

21 de outubro de 2016.

 

O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse nesta quinta-feira a seu contraparte americano, John Kerry, que são os rebeldes sírios, que impedem a evacuação dos civis em Aleppo, apesar da trégua "humanitária" vigente.

Em uma conversa telefônica, Lavrov "afirmou que os civis, mas também os membros de grupos armados ilegais tinham a possibilidade de abandonar a cidade, sem obstáculos, mas que os rebeldes violam o cessar-fogo e impedem a evacuação da população", afirmou em comunicado o ministério das Relações Exteriores russo. 

O ministério russo "voltou a insistir no fato de que Estados Unidos deveria respeitar sua velha promessa de separar os grupos armados da oposição moderada dos grupos terroristas", em referência aos insurgentes tolerados por Moscou.

O diálogo acontece ao fim de um dia de trégua humanitária em Aleppo, após semanas de bombardeios intensos. No entanto, nenhum civil quis passar pelos corredores de evacuação. 

Há confusão em torno da duração desta "pausa humanitária" de 11 horas, depois que Moscou anunciou que a prolongaria durante as 24 horas seguintes, até a sexta-feira à noite, e que a ONU informou que a Rússia a manteria até sábado à noite. 

 Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||