Kiev recusa pagar 3 bilhões de dívida o que gera consequências: Rússia pode se vingar

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

27 de julho de 2016.

Rússia e Ucrânia

A recusa da Ucrânia de pagar suas obrigações financeiras provoca as consequências respetivas, disse na quarta-feira o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov.

Peskov acrescentou que Moscou tem direito de responder aplicando medidas 

Em entrevista à televisão local, o ministro da Defesa ucraniano Oleksandr Danilyuk informou que a posição de Kiev é "de não devolver o dinheiro", explicando que "esse foi um crédito político que nós fomos obrigados a receber".

"Nenhuma decisão foi tomada. A Rússia reitera sucessivamente sua posição. Achamos que isso é uma dívida pública soberana que gera consequências respetivas quanto às obrigações financeiras da Ucrânia", disse Peskov aos repórteres.

Quando questionado se Moscou planeja mudar de tática devido a essa situação, ele disse que a "Rússia se reserva o direito de responder de maneira correspondente a nível legal internacional para defender seus interesses comerciais soberanos".

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||