Japão irá acelerar construção de fragatas para patrulhar Mar do Leste da China

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

17 de fevereiro de 2017.

 

O Japão pretende acelerar um programa de construção de navios de guerra para fabricar duas fragatas por ano e patrulhar os extremos do Mar do Leste da China, onde disputa a posse de ilhas com Pequim, disseram três pessoas a par do plano.

Tóquio já estava construindo um destróier de 5 mil toneladas por ano, mas agora irá produzir duas fragatas de 3 mil toneladas anualmente a partir do ano fiscal iniciado em abril de 2018, disseram as fontes, que não quiseram se identificar por não ter autorização para falar com a mídia.

Os japoneses pretendem criar uma frota de oito das novas embarcações menores e mais baratas, que também podem servir para atividades de remoção de minas e antissubmarino.

Operadoras de estaleiros como Mitsubishi Heavy Industries, Japan Marine United Corp (JMU) e Mitsui Engineering and Shipbuilding devem participar da licitação para as obras, segundo as fontes.

Japão e China disputam a propriedade de um grupo de ilhas no Mar do Leste da China, cerca de 220 quilômetros ao nordeste de Taiwan. No Japão elas são conhecidas como Senkakus, e na China como ilhas Diaoyu.

Autoridades militares japonesas de primeiro escalão têm dito temer que Pequim possa tentar aumentar sua influência no Mar do Leste da China nas proximidades de Okinawa, cadeia de ilhas do sul japonês.

O Japão proporciona ajuda militar a países do sul asiático, como Filipinas e Vietnã, que se opõem às reivindicações territoriais chinesas no vizinho Mar do Sul da China.

Fonte: Reuters

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||