"Iremos acertar as contas com estes terroristas!" - Prometeu Netanyahu, após atentado

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

19 de abril de 2016.

Logo a seguir ao hediondo ataque de ontem à tarde em Jerusalém que causou um incêndio em 2 ônibus que circulavam com passageiros num dos bairros mais conhecidos de Jerusalém (Talpiot), o primeiro-ministro Netanyahu prometeu "descobrir quem quer que tenha preparado o engenho explosivo." Netanyahu prometeu também "acertar as contas com esses terroristas."

Eram 17H45 quando o ônibus da linha 12 explodiu e se incendiou, causando ferimentos num total de 21 pessoas, encontrando-se uma adolescente de 15 anos numa situação ainda grave.
 
Crê-se que o autor da chacina será um dos feridos ainda hospitalizados, investigando-se agora como é que o engenho explosivo terá sido colocado dentro do veículo. Existe no entanto um black-out relacionado com a divulgação das pesquisas em curso neste momento.
 
O fato de não haver ainda nenhum grupo a reivindicar o atentado pode significar que o mesmo tenha sido efetuado por um homem isolado, sem qualquer ligação a um grupo organizado.
 
Tanto o Hamas, como outros grupos palestinianos terroristas celebraram o atentado, tal como é costume a essa escumalha sempre que morrer judeus.
 
Este ataque, em vésperas da celebração da Páscoa judaica, irá certamente aumentar drasticamente as medidas de segurança e barreiras à entrada de palestinianos, já habituais durante a celebração das festas judaicas.
 
Shalom, Israel!

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||