Imagens de satélite mostram atividade em base de mísseis da Coreia do Norte

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

06 de dezembro de 2018.

 

A Coreia do Norte ampliou uma importante base de mísseis de longo alcance nos meses transcorridos desde a cúpula entre o líder do país, Kim Jong Un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, segundo imagens de satélite publicadas nesta quarta-feira (5) pela CNN.

Os dois mandatários se reuniram em Singapura em junho e assinaram um documento vagamente redigido no qual se comprometeram a trabalhar pela completa desnuclearização da península coreana, embora não tenham dado detalhes de como a meta seria alcançada.

Segundo a CNN, Pyongyang melhorou sua base de mísseis Yeongjeo-dong, no interior montanhoso da Coreia do Norte, e construiu outra instalação que não havia sido identificada publicamente antes.

Os especialistas garantiram ao canal americano que o local é adequado para abrigar os novos mísseis de longo alcance da Coreia do Norte, incluindo os que podem carregar as ogivas nucleares.

Trump disse no sábado que esperava organizar uma segunda cúpula com Kim no começo de 2019.

O assessor de Segurança Nacional John Bolton assegurou na quinta-feira que Trump acredita que o líder norte-coreano não cumpriu os compromissos de Singapura.

As autoridades americanas insistem em uma desnuclearização completa, verificada e irreversíveis da península coreana antes de suspender as sanções mais duras impostas ao regime de Pyongyang.

Fonte: AFP

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||