Governo da Estônia chama reservistas com urgência para exercícios militares

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

02 de dezembro de 2016.

O Governo da Estônia chamou 303 reservistas para os exercícios militares Okas (Espinho) que serão realizados de 2 a 5 de dezembro, disse o serviço de imprensa do conselho de ministros.

"As Forças de Defesa vão chamar aos exercícios Espinho os reservistas da milícia Kaitseliit de Vorumaa e a companhia de estado-maior que tinha sido passada à reserva de um batalhão de transmissões. A todos os reservistas destas unidades foi ordenado para se apresentarem em 2 de dezembro às 20 horas nos pontos de concentração. A chamada para os treinamentos será enviada aos reservistas por SMS, correio eletrônico e através da mídia. A informação também vai aparecer na página das Forças de Defesa", diz o comunicado.
 
O objetivo dos exercícios adicionais é melhorar o processo de transmissão de ordens, desde a decisão do governo e terminando com colocação das unidades em estado de prontidão. Entrados em vigor em 2016, os complementos à Lei de Defesa Nacional tornam possível mobilizar os reservistas em 24 horas.

Durante o fim de semana, das várias manobras em curso no território da Estônia participarão dois mil militares e membros das milícias armadas Kaitseliit (Liga de Defesa). Assim, no município de Laanemaa serão realizados os exercícios em grande escala Furacão, que envolverão cerca de 900 membros da Kaitseliit.
 
Outros duzentos membros da Kaitseliit e 50 policiais vão participar dos exercícios Trancando Toompea, na cidade velha de Tallinn. Além disso, nas imediações do aeroporto de Tallinn, 400 elementos da Liga de Defesa vão treinar ações defensivas do aeroporto nos exercícios Estrela Polar.
 
Fonte: Sputnik

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||