Exército sírio declara fim do cessar-fogo

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

19 de setembro de 2016.

 

O Exército sírio declarou o fim do cessar-fogo, alegando que os militantes não cumpriram nenhuma das condições da trégua.

Militantes sírios têm violado a trégua acordada por Moscou e Washington mais de 300 vezes, o Exército sírio declara que vai retomar a guerra contra o terrorismo.

O exército sírio reafirmou seu compromisso de lutar contra o terrorismo após o fim da trégua.

"O regime de cessar-fogo deveria ter sido uma chance real para parar o derramamento de sangue, mas as unidades dos rebeldes não cumpriram qualquer dos pontos do acordo.

O número de violações do cessar-fogo é superior a 300", a agência de notícias SANA cita o Comando Geral do Exército sírio.

Em 9 de setembro, o chanceler russo Sergey Lavrov e seu homólogo dos EUA John Kerry anunciaram um novo plano de paz para resolver o conflito na Síria que apelou a um cessar-fogo e à cooperação na luta antiterrorista entre outras cláusulas do acordo.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||