EUA implantarão o THAAD na Coreia do Sul, apesar dos protestos da Rússia e da China

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

06 de julho de 2017.

 

Os Estados Unidos continuarão a implantar seus sistemas de defesa de mísseis THAAD na Coreia do Sul, apesar da recente oposição de Moscou e de Pequim, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

"[A oposição] não vai mudar a nossa posição sobre o assunto", afirmou Nauert. "Tivemos muitas discussões sobre a importância do THAAD, foi feita uma decisão pela aliança e foi discutido o motivo pelo qual se decidiu implantar o THAAD em primeiro lugar… Eu simplesmente não vejo como isso pode mudar", disse o diplomata.

Na terça-feira, a Rússia e a China divulgaram uma declaração conjunta, se opondo à implantação dos sistemas de defesa de mísseis THADD norte-americanos no Nordeste da Ásia. Segundo Moscou e Pequim, a atitude impactará sobre os interesses de segurança estratégica dos países regionais e não contribuirá para os objetivos de desnuclearização da península Coreana.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que ele e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram em buscar uma iniciativa comum com objetivo de congelar o programa de mísseis nucleares da Coreia do Norte, bem como a realização de exercícios militares de grande escala norte-americanos no região.

Ainda nesta terça-feira, Pyongyang afirmou ter realizado um lançamento bem-sucedido de seu primeiro míssil balístico intercontinental, o Hwasong-14, que caiu no Mar do Japão.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/americas/201707068808951-eua-thaad-coreia-russia-china/ 

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||