EUA dizem que míssil norte-coreano “nos deixa perto de guerra”

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de novembro de 2017.

 

A embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, disse que o lançamento de um míssil balístico pela Coreia do Norte “nos deixa perto de uma guerra” que os EUA não querem.

Na reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, ela afirmou que se a guerra acontecer como resultado de novos atos de “agressão”, como o lançamento, “não há dúvidas de que a Coreia do Norte será completamente destruída”.

Haley disse que o governo Trump alertou a Coreia do Norte de que seu futuro está nas mãos de seus líderes e que a escolha era deles.

Ela ainda afirmou que, com o lançamento de ontem, o líder norte-coreano, Kim Jong Un, fez uma escolha “e com essa escolha vem uma escolha crítica para o resto do mundo”. A embaixadora ainda pediu para que todos os países cortassem laços com a Coreia do Norte.

Fonte: Estadão.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||