EUA, Coreia do Sul e Japão pedem que Coreia do Norte acabe com 'provocações irresponsáveis'

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

30 de outubro de 2017.

Autoridades graduadas de defesa dos Estados Unidos, da Coreia do Sul e do Japão realizaram conversas trilaterais e pediram que a Coreia do Norte abandone seu "caminho destrutivo e imprudente" de desenvolvimento de armas, afirmou o Exército norte-americano em comunicado, segundo a Reuters.

O chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas dos EUA, Joseph Dunford, recebeu seus colegas da Coreia do Sul e do Japão na sede do Comando do Pacífico dos Estados Unidos, no Havaí, no domingo (29), para trocar opiniões sobre os recentes testes nucleares e de mísseis balísticos de longo alcance da Coreia do Norte.

"Juntos, eles pediram à Coreia do Norte para se abster de provocações irresponsáveis que agravem tensões regionais, e para se afastar de seu caminho destrutivo e imprudente de desenvolvimento", disse o comunicado, ainda de acordo com a Reuters.

Ameaça real

A escalada de tensão nas relações entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte. O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte menciona um possível teste nuclear sobre o Oceano Pacífico. Para Ri Yong Pil, diplomata veterano da chancelaria da Coreia do Norte, o alerta deve ser visto como uma ameaça real.

Os Estados Unidos retrucaram. No sábado (28), o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, advertiu a Coreia do Norte que qualquer ataque nuclear ao território do seu país ou ao dos seus aliados receberá uma "resposta militar maciça", segundo a Deutsche Welle.

Fonte: G1

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||