EUA concentram esforços para atualizar sistemas de defesa Patriot na Coreia do Sul

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

02 de agosto de 2016.

Sistema de mísseis Patriot

Os EUA vão se concentrar em atualizar seus sistemas de defesa aérea Patriot PAC-2 na Coreia do Sul para sistemas PAC-3 a fim de melhor proteger o país contra possíveis mísseis norte-coreanos, segundo afirmou o secretário do Exército dos EUA Eric Fanning nesta terça (2).

"Neste momento, estamos focados em atualizar o sistema Patriot que temos aqui na Coreia [do Sul]", disse Fanning, citado pela agência de notícias sul-coreana Yonhap, em entrevista coletiva na base aérea norte-americana de Osan, em Pyeongtaek.

A mídia sul-coreana relatou anteriormente que os militares dos EUA planejavam atualizar o PAC-2 com os sistemas mais avançados do PAC-3 até 2018. Nesta terça, Fanning disse que viu o potencial para a modernização, mas não confirmou os relatos.

O PAC-2, implantado pela primeira vez durante a Operação Escudo do Deserto, em 1990, foi o primeiro sistema de defesa contra mísseis balísticos durante a guerra. Seu sucessor, o PAC-3, é mais avançado e tem uma taxa de interceptação de mísseis de mais de 90 por cento.

Em julho, o Departamento de Defesa dos EUA anunciou que iria implantar o sistema antimíssil Terminal High Altitude Air Defense (THAAD) na Coreia do Sul para combater a suposta ameaça de Pyongyang. 

Segundo Fanning, as autoridades norte-americanas e sul-coreanas discutiram outras opções para proteger a capital do país asiático.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||