EUA cautelosos sobre iminência de teste de míssil norte-coreano

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

10 de março de 2019.

 

O conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, permaneceu prudente neste domingo (10), diante da iminência de um teste de mísseis pela Coreia do Norte, sem divulgar detalhes sobre o assunto.

Perguntado em entrevista à ABC sobre relatos de que o regime de Pyongyang está se preparando para lançar mísseis ou foguetes, Bolton abandonou seu habitual tom controverso e adotou um discurso mais prudente.

“Prefiro não entrar em detalhes sobre este assunto”, disse, quando perguntado sobre imagens de satélite publicadas na sexta-feira pela organização de comunicação social norte-americana NPR.

A NPR obteve imagens da empresa DigitalGlobe em que aparece uma atividade incomum no complexo de Sanumdong, perto de Pyongyang, tiradas antes da cúpula em Hanói entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, no final de fevereiro.

Bolton se absteve de indicar se os Estados Unidos estavam cientes de qualquer atividade suspeita em locais militares norte-coreanos, mas indicou que o regime de Pyongyang não pode escapar da vigilância de Washington.

“Sabemos exatamento o que fazem”, disse. “Nós vemos tudo sem pestanejar e não temos nenhuma ilusão sobre o que é”.

O tempo passa a favor de Washington e Trump “não está sob pressão para chegar a um acordo, ele quer um bom acordo”, assinalou. À luz da situação econômica no país, “somos nós que temos a vantagem hoje, não a Coreia do Norte”.

Fonte: AFP

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||