Estado Islâmico ordena combatentes a abandonar Mossul e a rumar para a Síria

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

02 de novembro de 2016.

 

Os líderes do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) supostamente ordenaram seus combatentes a abandonar a cidade de Mossul, no Iraque, depois de tê-la tido sob seu controle por mais de dois anos. A ordem, segundo relatam meios de comunicação locais, é seguir em direção à Síria.

De acordo a imprensa local citada pela RT, os terroristas teriam recebido ordens de seus superiores para abandonar os postos às margens do rio Tigre, que passa pela cidade, e a rumarem para a Síria. Segundo as mesmas fontes, os recentes sucessos da operação militar das forças do governo iraquiano em Mossul "fez um estrago no moral dos terroristas", além de ter dado um raio de esperança para o povo da cidade iraquiana que, após mais de dois anos "volta a se sentir livre".

A operação militar terrestre para libertar Mossul das garras do Daesh começou na manhã de 17 de outubro, em campanha que uniu as forças do Exército do Iraque, os combatentes curdos Peshmerga, milícias xiitas e o apoio da coalizão aérea liderada pelos EUA.

Em 31 de outubro, várias unidades de forças especiais antiterroristas iraquianas, apoiadas por veículos blindados e tanques Abrams, lançaram uma ofensiva sobre a cidade a partir do leste.

Hoje, as tropas do governo conseguiram entrar em Mossul e, em meio a confrontos, seguiram em direção ao "coração do califado" terrorista.

Fonte: Sputnik

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||