Estado Islâmico ameaça atacar a Índia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

21 de maio de 2016.

Em um raro apelo à minoria muçulmana da Índia, o Estado Islâmico diz que planeja vingar as mortes dos muçulmanos mortos em motins em Gujarat, estado natal de primeiro-ministro indiano Narendra Modi, e em outros lugares.

A Índia, país de maioria hindu, é o lar de mais de 160 milhões de muçulmanos, mas apenas alguns deles se juntaram ao grupo do Oriente Médio. Líderes indianos e membros da comunidade dizem que isso comprova a força da democracia secular do país.

Em um vídeo monitorado pelo grupo de inteligência dos Estados Unidos SITE, o Estado Islâmico zomba dos muçulmanos que vivem em harmonia com os hindus que adoram vacas, árvores e o sol, e os chamam para viajar para os territórios dominados pelo Estado Islâmico no "Califado".

"Nessa terra você começa a odiar os kuffar [incrédulos]. Nessa terra você aplica a jihad", disse um combatente indiano identificado como Abu Salman al-Hindi que trabalha na província síria de Homs.

Outro combatente diz que o Estado Islâmico irá à Índia para libertar os muçulmanos e vingar a violência perpetrada contra eles em 2002 no oeste de Gujarat, bem como a Caxemira e a destruição de uma mesquita por fanáticos hindus, em 1992.

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||