Erdogan prometeu ‘limpeza’ e prisões no exército

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

16 de julho de 2016.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que estava em um hotel na cidade de Marmaris, no sudeste do país, e que o prédio foi bombardeado logo depois de sua partida.

“Eles bombardearam o hotel um pouco depois de eu ter deixado o prédio. A tentativa de golpe, realizada por um pequeno grupo de traidores militares será totalmente suprimida. Que ninguém duvide disso. Eu continuo com o meu povo, não vou a lugar algum”, disse Erdogan durante uma coletiva de imprensa em Istambul, transmitida pela emissora NTV. 

“Vamos limpar o nosso exército de traidores. Eles levantaram as armas contra o povo. Haverá muitas prisões ainda nas nossas forças armadas, inclusive nos postos mais altos”, continuou o chefe de Estado.

O presidente turco também disse que caças da força aérea do país já decolaram para destruir um helicóptero, que está atacando o parlamento da Turquia em Ancara.

Fonte: Sputnik.

 037751

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que estava em um hotel na cidade de Marmaris, no sudeste do país, e que o prédio foi bombardeado logo depois de sua partida.

 

“Eles bombardearam o 

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||