Dois soldados morrem após acordo entre Azerbaijão e Armênia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

17 de maio de 2016.

Um soldado azeri e um armênio morreram nesta terça-feira em confrontos na disputada região de Nagorno-Karabakh, horas depois do compromisso dos presidentes dos dois países em respeitar o cessar-fogo.

Após o encontro na capital austríaca, na segunda-feira à noite os presidentes Serge Sarkissian e Ilham Aliev reafirmaram o "compromisso com o cessar-fogo e a favor de uma resolução pacífica" do conflito pelo controle desta região.

Este foi o primeiro encontro entre ambos desde os confrontos do início de abril que deixaram pelo menos 110 mortos, civis e militares, dos dois lados.

Cada país culpou o outro pela violação da trégua.

O cessar-fogo foi assinado em Moscou após vários dias de conflito no início de abril, os mais graves desde o primeiro cessar-fogo, concluído em 1994, após uma guerra que deixou 30.000 mortos e centenas de milhares de refugiados, principalmente azerbaijanos.

Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||