Coreia do Norte realiza disparos perto da fronteira com o Sul

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

20 de fevereiro de 2016.

 

A Coreia do Norte realizou neste sábado uma rodada de disparos de artilharia em direção ao mar em seu litoral oeste, perto da conflituosa fronteira marítima com a Coreia do Sul, segundo informações do exército sul-coreano.

Os militares do Sul asseguraram que a Coreia do Norte fez disparos de artilharia "várias vezes" de sua costa oeste em direção ao Mar Amarelo às 7h20 no horário de Seul (20h20 de Brasília da sexta-feira).

Os disparos em direção ao mar, que não conseguiram atravessar a fronteira disputada conhecida como Linha Limite do Norte (LLN), foram ouvidos na ilha sul-coreana de Baengnyeong e provavelmente fizeram parte de algum exercício militar.

Os moradores da ilha foram avisados para permanecerem em alerta diante de uma possível evacuação, enquanto as autoridades pediram às embarcações pesqueiras que trabalhavam nos arredores que voltassem a seus portos, informou a agência de notícias "Yonhap".

As duas Coreias vivem um momento marcado pela tensão depois que o regime de Kim Jong-un realizou seu quarto teste nuclear no dia 6 de janeiro e lançou seu segundo satélite ao espaço no último dia 7, em uma operação considerada um teste encoberto de mísseis que violaria resoluções da ONU.

A Coreia do Sul e seu principal aliado, os Estados Unidos, ampliaram e intensificaram desde então suas manobras militares na região e mobilizaram mais armas e equipamentos, entre eles quatro caças F-22 Raptor americanos e um submarino de propulsão nuclear, depois dos últimos avanços de Pyongyang em tecnologia nuclear e de foguetes.

A ilha de Baengnyeong é a porção mais a oeste do território da Coreia do Sul e fica a 190 quilômetros de parte continental do país, mas a apenas 13,4 quilômetros do litoral da Coreia do Norte.

A fronteira do Mar Amarelo é uma das áreas mais sensíveis e conflituosas da região, e foi cenário nos últimos anos de vários incidentes como o naufrágio da embarcação Cheonan em março de 2010, que deixou 46 mortos e que a Coreia do Sul atribui a uma ação do Norte. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||