Coreia do Norte lança novo míssil, mas teste fracassa

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de março de 2017.

 

A Coreia do Norte realizou na manhã desta quarta-feira, dia 22, mais um teste míssil, que, segundo autoridades militares de Seul, fracassou. No teste desta quarta, o projétil foi lançado da costa oriental do país.

“A Coreia do Norte lançou um míssil desde uma área vizinha à base de Wonsan, mas se acredita que ele fracassou”, informou o Ministério de Defesa da nação asiática em um comunicado.

O lançamento frustrado da Coreia do Norte também foi confirmado pelo Exército dos Estados Unidos, que afirmou que ele explodiu logo após deixar o solo.

No momento, ainda está sendo investigado o tipo de míssil que teria sido lançado. Pyongyang tem mostrado dinamismo no setor armamentista depois que o seu ditador, Kim Jong-un, anunciou que o país está nas fases finais de um teste de míssil intercontinental no começo deste ano, que poderia não só atingir bases norte-americanas no Japão como o próprio EUA.

No dia 12 de fevereiro, um míssil de médio alcance chamado Pukguksong-2, que pousou nas águas do Mar do Japão, foi lançado ameaçando os países vizinhos. Já no último dia 6, outros quatro projéteis foram lançados na base norte-coreana de Dongchang-ri, dos quais três terminaram a cerca de 250-300 quilômetros da costa do Japão, distância bem perigosa.

Além disso, algumas datas importantes para a Coreia do Norte também podem aumentar o risco da nação realizar mais testes de mísseis. A primeira delas é o dia 11 de abril, quando o país realizará sua sessão parlamentar anual.

No encontro, especialistas acreditam que possam haver mudanças em relação ao desenvolvimento dos planos nucleares e armamentistas, das reformas econômicas, além de possíveis nomeações na cúpula.

Outras duas datas importantes para a Coreia do Norte é o aniversário de 105 anos do fundador do Estado e do “presidente eterno”, Kim Il-sung, em 15 de abril, e o aniversário de 85 anos da criação do Exército Popular da Coreia do Norte, em 25 do próximo mês.

Fonte: ANSA

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||