Coreia do Norte dispara três mísseis no Mar do Japão

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

05 de setembro de 2016.

A Coreia do Norte disparou nesta segunda-feira três mísseis balísticos de médio alcance ao Mar do Japão, segundo informações do Ministério de Defesa da Coreia do Sul.

Os projéteis foram lançados por volta das 12h14 (hora local, 0h14 horário de Brasília) de Hwangju e caíram nas águas da zona de Identificação de Defesa Aerea (ADIZ) do Japão após percorrer uma distância de aproximadamente 1 mil quilômetros, afirmou à Agência EFE um porta-voz ministerial.

"Assumimos que se tratam de mísseis Rodong", afirmou o porta-voz, em referência ao modelo mais comum de projéteis de médio alcance do arsenal de mísseis da Coreia do Norte, com um alcance estimado de até 1,5 mil quilômetros.

Foi primeiro lançamento de mísseis balísticos realizado pela Coreia do Norte após disparar com sucesso um míssil a partir de um submarino, no dia 24 de agosto, um teste que destacou os perigosos avanços que está colhendo em seu programa de armas.

Enquanto isso, os militares sul-coreanos estão em alerta sobre os movimentos do Exército do país vizinho e reforçaram sua postura de defesa contra a possibilidade de novas "provocações", afirmou o porta-voz do Ministério.

Este também disse que se trata de "uma nova e clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU", que proíbem a Coreia do Norte realizar testes com qualquer tipo de tecnologia de mísseis balísticos.

O novo teste de mísseis da Coreia do Norte acontece em um momento de tensão na região, depois que o Conselho de Segurança impôs, no mês de março, fortes sanções comerciais ao país comunista pelas testes nuclear e de mísseis de longo alcance realizadas no começo do ano.

Desde então, são constantes os lançamentos por parte de Pyongyang de mísseis de diversos calibres.

O teste realizado no dia 24 de agosto gerou um forte alarme, já que foi a primeira vez que a Coreia do Norte conseguiu disparar com sucesso um míssil a partir de um submarino.

O lançamento de hoje também coincide com a visita à China da presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, por ocasião da cúpula do G20, em Hangzhou.

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||