Coreia do Norte ameaça 'punir sem piedade' Israel

30 de abril de 2017.

 

A Coreia do Norte ameaçou punir Israel e acusou o ministro da Defesa israelense, Avigdor Lieberman, de ter feito declarações "imprudentes e maliciosas" que insultam os líderes norte-coreanos.

Os comentários do regime de Pyongyang foram produzidos depois de Lieberman ter qualificado os dirigentes do país asiático como "extremistas e dementes", informa portal israelense Haaretz.

Em um comunicado oficial, o Ministério das Relações Exteriores norte-coreano afirmou: "A nossa mensagem consequente é punir sem piedade os que ofendem a dignidade de nossos líderes."

"Alertamos Israel que pense duas vezes sobre as implicações desta campanha de difamação contra nós", diz a nota, que condena Israel por sua política nuclear e o acusa de violar os direitos dos árabes no Oriente Médio.

"Israel é o único possuidor ilegal de armas nucleares que desfruta do apoio dos EUA, mas Israel ataca a Coreia do Norte por ter armas nucleares", sublinha o comunicado.

De acordo com o regime de Pyongyang, as críticas de Israel à Coreia do Norte são "uma ação cínica que pretende desviar a atenção da ocupação israelense e os crimes contra a humanidade".

Lieberman afirmou que Pyongyang "parece ter cruzado a linha vermelha com seus recentes testes nucleares" e garantiu que o programa de armas nucleares da Coreia do Norte representa uma maior ameaça para o mundo que o Irã ou qualquer grupo terrorista.

Em uma entrevista à edição Walla News nesta semana, Lieberman falou do líder norte-coreano, Kim Jong-un, como "o louco da Coreia do Norte".

Fonte: Sputnik

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||