Coreia do Norte ameaça atacar Seul e Washington por causa de escudo antimísseis

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

11 de julho de 2016.

A Coreia do Norte ameaçou nesta segunda-feira (data local) realizar "ações físicas" contra Coreia do Sul e Estados Unidos por causa da iniciativa de ambos de posicionar no final de 2017 o escudo antimísseis THAAD, destinado a resistir aos programas de armas de Pyongyang.

"Nosso Exército está pronto para atacar sem piedade e reduzir os inimigos a um mar de fogo se receber as ordens neste exato momento", noticiou a agência estatal norte-coreana de notícias "KCNA", no que representa a primeira reação do regime de Kim Jong-un à medida anunciada na sexta-feira por EUA e Coreia do Sul.

"Pyongyang realizará ações físicas como represália contra o THAAD, um instrumento de agressão e de dominação mundial dos Estados Unidos, no momento em que for confirmada sua localização concreta", advertiu a declaração da cúpula militar norte-coreana publicada pela "KCNA".

As ameaças da Coreia do Norte foram feitas depois que no sábado o país realizou um novo teste de lançamento de um míssil balístico a partir de um submarino, interpretado como uma resposta às sanções diretas impostas pelos EUA ao líder norte-coreano por violações de direitos humanos.

O projeto THAAD, um caro sistema projetado para interceptar mísseis em sua fase de voo terminal, gerou fortes protestos tanto da Coreia do Norte, que o considera uma ameaça direta a sua segurança, como da China e em menor medida da Rússia. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||