Coreia do Norte acusa EUA de submeter o país a um cerco como o de Cuba ou Leningrado

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

04 de abril de 2016.

 

A Coreia do Norte acusou nesta segunda-feira as "forças hostis" lideradas por Washington de submeter o país ao mesmo tipo de cerco sofrido pela cidade russa de Leningrado na Segunda Guerra Mundial ou Cuba durante a crise dos mísseis.

Em um comunicado publicado pela agência oficial KCNA, um porta-voz da poderosa Comissão de Defesa Nacional (CDN) afirma que as últimas resoluções da ONU com sanções contra Pyongyang são "anacrônicas e suicidas", suscetíveis de provocar um ataque nuclear no continente americano.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou em março o pacote de sanções mais rígido contra a Coreia do Norte até o momento, em reação ao quarto teste nuclear do país, em 6 de janeiro, seguido em 7 de fevereiro pelo disparo de um foguete considerado como um teste de míssil balístico dissimulado.

Estas sanções são obra das "forças americanas e de outras forças hostis" decididas a atacar a Coreia do Norte "em massa para devorá-la", afirmou o porta-voz da CDN.

"O bloqueio de Leningrado que espalhou o terror no coração das pessoas (...) e a crise caribenha da Guerra Fria apenas podem suportar a comparação com a situação", disse.

Washington está provocando uma crise que poderia levar a Coreia do Norte a "realizar como represália um ataque nuclear contra o continente americano a qualquer momento", insistiu.

Nesta segunda-feira, a Coreia do Sul realizou exercícios em grande escala com munição real no Mar do Japão, onde o Norte executou lançamentos de mísseis supervisionados por Kim Jong-un.

Os exercícios, com obuses K-9 e lança-foguetes múltiplos de 130 mm, aconteceram na cidade costeira de Goseong, perto da fronteira com o Norte.

O objetivo da manobra é repetir "o cenário de uma provocação marítima norte-coreana", afirmou o porta-voz do ministério sul-coreano da Defesa, Moon Sang-gyun.

Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||