China qualifica de 'séria provocação' presença de navio dos EUA

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

02 de julho de 2017. 

 

A China denunciou este domingo como uma "séria provocação política e militar" a presença de um navio de guerra americano nas imediações de uma ilha ocupada por Pequim no mar da China Meridional, em uma nova escalada de tensão entre as duas superpotências.

Pequim respondeu com o envio de embarcações militares e aviões de combate como medida de advertência contra o navio americano, indicou o porta-voz da chancelaria chinesa Lu Kang, em uma declaração difundida no domingo pela agência estatal Xinhua.

O destróier "USS Stethem" passou a menos de 12 milhas náuticas (22 km) da ilha Triton, que faz parte do arquipélago das ilhas Paracel, território que também é reivindicado por Taiwan e pelo Vietnã, indicou em Washington um funcionário do governo americano.

"A China urge energicamente à parte americana colocar fim imediatamente a esse tipo de provocação que viola a soberania da China e ameaça sua segurança", indicou o porta-voz da cancelaria, acrescentando que Pequim continuará adotando todas as medidas necessárias para defender a soberania e a segurança nacionais, segundo a Xinhua.

Fonte: AFP

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||