China pede moderação na península coreana após envio de porta-aviões dos EUA

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

10 de abril de 2017. 

 

A China pediu nesta segunda-feira (10) que os Estados Unidos (EUA) e a Coreia do Norte "ajam com moderação e evitem uma escalada de tensões" após o envio de um porta-aviões nuclear americano à península coreana. A informação é da Agência EFE.

A porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês, Hua Chunying, disse, em entrevista, que seu governo "segue de perto os acontecimentos na península coreana".

Os Estados Unidos confirmaram no sábado (8) que mobilizaram o porta-aviões de propulsão nuclear USS Carl Vinson e seu grupo de ataque para águas próximas à Coreia do Norte em resposta às últimas provocações do regime, que, no dia 5 deste mês, lançou um míssil de médio alcance ao mar.

O Carl Vinson, sob o controle da Terceira Frota (Pacífico Oriental), suspendeu uma visita prevista à Austrália e seguiu para a península coreana, onde esteve há apenas um mês para participar de manobras militares anuais com a Coreia do Sul.

A mudança de rumo do Carl Vinson ocorre justamente depois que, na semana passada, o presidente americano, Donald Trump, reuniu-se na Flórida com o presidente chinês, Xi Jinping. Eles discutiram a necessidade de evitar novas provocações da Coreia do Norte, aliada de Pequim.

Fonte: EFE

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||