China agradece países por apoio a reivindicação no mar do Sul da China

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

14 de junho de 2016.

A China expressou nesta terça-feira sua gratidão a dezenas de países que, segundo Pequim, ofereceram apoio à posição chinesa em um processo movido pelas Filipinas contra a reivindicação de posse chinesa do mar do Sul da China.

Pequim intensificou sua retórica antes de um provável veredicto do Tribunal Permanente de Arbitragem de Haia a respeito da ação filipina.

A China se recusa a reconhecer o caso e diz que todas as disputas deveriam ser resolvidas através de conversas bilaterais.

O governo chinês afirma que mais de 40 nações declararam apoio à sua posição, sendo as mais recentes delas Serra Leoa e Quênia.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Lu Kang, disse que certos países não identificados vêm tentando manchar o nome da China por causa do mar do Sul da China, confundindo o certo e o errado e tentando controlar a opinião pública, mas que não se pode dizer que eles representam a comunidade internacional.

"Contra esse pano de fundo, certos países amigáveis que se importam com a China querem entender o que realmente está acontecendo", afirmou Lu durante um informe à imprensa.

A China reclama para si quase todo o Mar do Sul da China, rico em fontes energéticas e através do qual 5 trilhões de dólares de comércio marítimo circulam todos os anos. Filipinas, Brunei, Vietnã, Malásia e Taiwan têm reivindicações semelhantes.  

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||