Capital norte-coreana instala sistemas antiaéreos para se proteger

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de agosto de 2016.

Os militares norte-coreanos instalaram artilharia antiaérea em mais três locais de Pyongyang para proteger a cidade e as instalações militares em caso de ameaças externas, informou Curtis Melvin, um cientista do Instituto americano-coreano da Universidade Johns Hopkins.

Segundo o especialista, citado pela emissora Rádio Free Asia, foram instalados mais canhões nos subúrbios orientais de Pyongyang.

Além disso, os militares norte-coreanos modernizaram as posições existentes de artilharia antiaérea e construíram instalações subterrâneas em alguns lugares.

Anteriormente, as autoridades da Coreia do Sul afirmaram que pretendem realizar exercícios de artilharia na fronteira com a Coreia do Norte que mostrarão a Pyongyang que Seul está disposta a acabar com todo o tipo de provocações.

Alguns especialistas expressam preocupação com possíveis provocações da Coreia do Norte na fronteira com a Coreia do Sul na véspera do primeiro aniversário do dia em que Seul denunciou um ataque de Pyongyang contra seu território, em 20 de agosto de 2015.

Após assegurar que Pyongyang tinha disparado primeiro, a Coreia do Sul bombardeou território norte-coreano.

A Coreia do Norte, por sua vez, afirmou que as tropas do regime sul-coreano dispararam sem motivo.

Os dois países se acusaram mutuamente de "provocações" e ameaçaram dar resposta.

Após intensas negociações, as duas Coreias concordaram em diminuir a tensão na península.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||