Caças turcos voltarão a atacar EI na Síria, após acordo com a Rússia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

12 de agosto de 2016.

Os caças-bombardeiros da Turquia voltarão a sobrevoar a Síria para atacar posições do Estado Islâmico (EI), após uma interrupção de dez meses causada pelo conflito diplomático com a Rússia, informou nesta sexta-feira a emissora "CNNTÜRK".

A emissora afirma que este acordo foi fechado na primeira reunião entre representantes diplomáticos, militares e dos serviços secretos de Turquia e Rússia, realizada ontem em Moscou após a reconciliação selada na terça-feira em São Petersburgo por seus presidentes, Recep Tayyip Erdogan e Vladimir Putin.

Desde que o Exército turco derrubou em novembro do ano passado um caça russo na fronteira síria, as relações entre Moscou e Ancara tinham ficado enormemente estremecidas e os caças turcos tinham deixado de sobrevoar a Síria para evitar atritos com a Rússia.

Até esse momento, caças turcos tinham participado de 11 bombardeios aéreos contra o EI, no marco da coalizão internacional antijihadista, liderada pelos Estados Unidos, segundo a apuração da "CNNTÜRK".

Mas a partir do incidente com a Rússia, Ancara só usou fogo de morteiros de longo alcance contra as posições jihadistas próximas a sua fronteira.

A partir de agora, Turquia e Rússia serão informadas mutuamente das operações aéreas fronteiriças através de um mecanismo de coordenação, trocando coordenadas e tempo do voo previsto.

Além disso, Ancara e Moscou compartilharão informações de seus serviços secretos sobre elementos radicais na Síria e que até agora a Turquia só tinha dividido com a coalizão internacional antijihadista.

Outro ponto tratado na reunião de ontem foi o assédio a Aleppo, tema no qual a Rússia "se mostrou aberta" a corresponder à intenção da Turquia de fazer chegar ajuda humanitária aos civis da região, segundo a "CNNTÜRK". 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||