Bombardeiros russos são interceptados por caças portugueses

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

23 de novembro de 2016.

Caças F-16 da Força Aérea Portuguesa (FAP) interceptaram dois aviões Tupolev T-85 que entraram no espaço aéreo de Portugal. Segundo as autoridades lusitanas, não houve qualquer tipo de ameaça por parte dos bombardeiros russos e o incidente foi resolvido sem maiores problemas.
 
De acordo com a imprensa lusitana, o evento ocorreu na madrugada da última quinta-feira, quando as aeronaves russas desceram pela costa de Portugal com seus sistemas de localização desligados e, eventualmente, entraram no espaço aéreo do país, onde foram interceptadas por caças da base de Monte Real (Leiria).

"Confirmo a situação,mas não existiu qualquer ameaça. Acompanhamos as aeronaves apenas como forma de garantir a segurança para o tráfego aéreo civil", disse o coronel Rui Roque, porta-voz da Força Aérea, ao Correio da Manhã (CM), descartando qualquer suspeita de hostilidade por parte dos T-85.
 
Ainda segundo a mídia portuguesa, caças de Noruega, Inglaterra e Espanha também acompanharam os aviões russos, que atravessaram todo o norte da Europa, antes que eles chegassem a Portugal.
 
Fonte: Sputnik

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||