Bombardeios dos Estados Unidos deixam 60 talibãs mortos no Afeganistão, diz governo local

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

26 de março de 2016.

Dois bombardeios norte-americanos nesta sexta-feira (25/03) deixaram ao menos 60 pessoas mortas na província de Helmand, no sul do Afeganistão. De acordo com o governo afegão, as vítimas pertenciam ao grupo Talibã.

Os ataques ocorreram no distrito de Marjah e, segundo fontes oficiais, as ações integram a operação de apoio à campanha terrestre realizada pelas tropas afegãs.

O primeiro ataque aéreo ocorreu na manhã de sexta-feira e teve como alvo um campo de treinamento dos Talibãs, deixando 50 mortos e oito feridos, segundo o porta-voz do governo da província de Helmand, Omar Zwak.

Horas depois, outro bombardeio contra um segundo local de treinamento matou mais dez membros do grupo, informou um dos porta-vozes do Exército do Afeganistão, Rasoul Zazai.

Os talibãs haviam iniciado uma ofensiva há alguns meses em Helmand. De acordo com autoridades afegãs, o avanço do grupo na área ameaça a segurança da capital da província, Lashkargah, na divisa com o distrito de Marjah. Parte da cidade chegou a ser controlada pelos talibãs há cerca de quatro meses, sendo a maior conquista militar do grupo nos últimos anos.

Helmand é a província com mais territórios controlados pelos talibãs — cinco dos 14 distritos. O local se destaca pelo cultivo de papoula, matéria-prima do ópio e da heroína e uma das principais fontes de financiamento do Talibã.

Atualmente, o grupo domina quase um terço do território do país, de acordo com um relatório do Inspetor Especial para a Reconstrução do Afeganistão. É a maior extensão controlada pelo grupo desde a queda do regime em 2001 e a instalação de um governo apoiado pelos Estados Unidos.

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||