Ban investe contra Assad e diz que futuro da Síria não pode depender dele

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

20 de setembro de 2016.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, denunciou nesta terça-feira diante dos líderes mundiais, reunidos para a Assembleia Geral da organização, os massacres do regime sírio e defendeu que o futuro do país não pode depender unicamente do destino de seu presidente, Bashar al Assad.

"Muitos grupos mataram muitos inocentes, mas nenhum mais que o governo da Síria, que segue lançando barris com explosivos em bairros e que tortura sistematicamente milhares de detidos", disse Ban na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas.

O diplomata sul-coreano defendeu que é necessária uma "transição política" e que, após tanta violência e má gestão, "o futuro da Síria não deve depender do destino de um único homem".

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||