Bahrein aprova declaração de guerra contra Hezbollah

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

19 de abril de 2016.

A Câmara dos Representantes do Bahrein conclamou na terça-feira a declarar guerra contra o movimento libanês Hezbollah.

As autoridades do país consideram esta organização culpada de ataques terroristas no seu território.

“A Câmara dos Representantes concorda em publicar um documento que apela a declarar guerra contra o movimento libanês Hezbollah”, escreveu um parlamentar no seu Twitter.

O Hezbollah surgiu inicialmente como uma milícia, em resposta à invasão israelense do Líbano de 1982, também conhecida como Operação Paz para a Galileia, e continuou a resistir contra a ocupação israelense do Líbano por toda a guerra civil libanesa.

Em março, o Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), que reúne seis países do Golfo Pérsico — Omã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Qatar, Bahrein e Kuwait, incluiu oficialmente o Hezbollah na lista das organizações terroristas.

Depois disso, o Bahrein começou a deportação de cidadãos libaneses que tivessem algumas relações com o movimento xiita Hezbollah.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||