Assessor de Assad revela fontes de financiamento do Estado Islâmico

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

30 de setembro de 2016.

 

O assessor do presidente da Síria, Bouthaina Shaaban, acusou Qatar e Arábia Saudita de estar por trás do financiamento da guerra travada contra o governo sírio.

"A Turquia conduz ações agressivas contra o nosso país, Qatar e Arábia Saudita armam e financiam todos esses ataques contra o nosso país. A realidade da situação é que esses países não almejam acabar com essa guerra contra a Síria" – disse Shaaban em entrevista ao canal RT.

Em 24 de agosto de 2016, o exército da Turquia iniciou uma operação contra o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico, proibido na Rússia e em diversos países) e, com o apoio da oposição síria e da coalizão internacional liderada pelos EUA tomou o controle da cidade síria de Jarablus, localizada perto da fronteira turca.

Jornalistas da Reuters denunciaram recentemente o recebimento de mísseis Grad por rebeldes sírios, logo após o início da ofensiva do exército sírio contra a cidade de Aleppo, ocupada pelos terroristas. Não se sabe que país forneceu os armamentos aos rebeldes.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||