Assad crê que é preciso acelerar guerra contra terrorismo após tomada de Palmira

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

30 de março de 2016.

 

O presidente da Síria, Bashar al Assad, afirmou nesta quarta-feira que agora é "o momento mais apropriado para acelerar a luta coletiva contra o terrorismo", após a tomada da cidade monumental de Palmira, em uma carta dirigida à ONU.

Assad enviou hoje uma carta ao secretário-geral da ONU, Bank Ki-moon, agradecendo sua reação pela tomada do exército sírio do controle de Palmira das mãos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Assad reiterou no texto a disposição de seu país em cooperar com "todos os esforços sinceros que tenham como objetivo combater o terrorismo".

Além disso, o chefe de Estado sírio pediu às agências da ONU que apoiem o governo na restauração das ruínas de Palmira, que são Patrimônio Mundial da Unesco.

Há três dias, as forças governamentais sírias retomaram a cidade histórica, dez meses depois de o EI conquistá-la em uma ofensiva no leste de Homs.

Desde domingo, os esforços das autoridades estão em consolidar seu triunfo em Palmira, e para isso também lançaram um ataque contra a cidade de Al Qaritain, que conecta Palmira a Damasco e que está dominada pelo EI.

No último dia 27, Ban mostrou sua satisfação pela recuperação de Palmira pelos soldados sírios.

"Estamos animados e somos afortunados" que as tropas sírias tenham recuperado Palmira, disse Ban durante uma entrevista coletiva em Amã, onde estava em visita oficial. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||