Arma hipersônica: Rússia cria primeiro míssil hipersônico universal

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

17 de setembro de 2016.

 

A empresa da indústria militar russa NPO Mashinostroyeniya (Escritório de Projetos de Foguetes e Mísseis) está desenvolvendo um novo míssil capaz de atingir a velocidade de Mach 6.

A NPO Mashinostroyeniya e várias outras empresas especializadas estão trabalhando ativamente sobre a criação de motores a jato com fluxo direto de combustão nos fluxos subsônicos e supersônicos, o que permitirá atingir a velocidade de cruzeiro hipersônica de Mach 6. 

Os desenvolvedores não só tentam reduzir o tempo de voo do míssil até ao alvo, aumentando a velocidade, mas também uniformizar estes mísseis, de maneira a poderem ser lançados a partir de plataformas terrestres, navais e submarinas, bem como assegurar a estabilidade de voo e aumentar o alcance.

Se trata do míssil Tsirkon, que deverá substituir os mísseis de cruzeiro Granit que agora estão ao serviço da Marinha da Rússia. 

A primeira informação sobre o início do desenvolvimento do míssil surgiu em 2011, mas não foi divulgada nenhuma informação sobre as suas caraterísticas técnicas. 

Plataformas de lançamento vertical ZS-14, capazes de lançar mísseis Oniks, Kalibr e Tsirkon, vão ser instaladas nos submarinos de nova geração Khasi, no lança-mísseis Almirante Nakhimov e nos navios da Frota do Norte, bem como no porta-aviões russo Admiral Kuznetsov.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||