Apenas 2 cidades permanecerão intactas, Irã adverte aos sauditas

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

08 de maio de 2017. 

 

O ministro da Defesa iraniano, Hosein Dehghan, alertou à Arábia Saudita que "ações imprudentes" acarretarão no uso de retórica forte, informa a agência iraniana Tasnim.

"Aconselhamos que vocês [sauditas] não façam bobagens. Mas se decidirem fazer algo imprudente, na Arábia Saudita não permanecerá nenhum lugar intacto, com exceção das cidades de Meca e Medina", afirmou Dehghan, citado pela agência.

As palavras do ministro da Defesa do Irã tem a ver com as declarações recentes de seu homólogo saudita, Mohammad bin Salman.

O último disse que seu país "não vai esperar uma batalha na Arábia Saudita" para começar a enfrentar o Irã e resistir ao desejo de Teerã de "dominar o mundo muçulmano".

As relações entre Irã e Arábia Saudita permanecem tensas desde 2011. A partir dos acontecimentos da Primavera Árabe, Teerã apoia os xiitas da região, enquanto Riad está ao lado dos sunitas.

Sendo assim, estes dois jogadores importantes do Oriente Médio apoiam lados opostos dos conflitos que abalam a região.

Além disso, as duas nações muçulmanas romperam relações diplomáticas desde o início de 2016 após os ataques contra as missões diplomáticas sauditas no Irã, causadas pela execução por Riad do influente clérigo xiita Nimr al Nimr. 

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201705088336927-ira-arabia-saudita-tensao/

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||