Aeronave militar chinesa faz primeiro pouso público em ilha disputada

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de abril de 2016.

Uma aeronave militar chinesa pousou em um novo aeroporto em uma ilha que a China construiu no disputado mar do Sul da China, informou a mídia estatal nesta segunda-feira, no primeiro relato sobre uma medida que aumenta a possibilidade de Pequim estacionar aviões de guerra na localidade.

Os Estados Unidos criticaram a potência asiática pela construção de ilhas artificiais no mar do Sul da China e temem que o país planeje usá-las para fins militares, embora Pequim afirme não ter propósitos hostis.

A pista no recife de Fiery Cross tem 3 quilômetros de extensão e é uma de três que a China vem construindo há mais de um ano depositando areia em recifes e atóis no arquipélago de Spratly. Em janeiro já havia ocorrido testes com voos civis.

 

Em uma reportagem de primeira página, o estatal Diário do Exército de Libertação do Povo disse que uma aeronave militar que patrulhava o mar do Sul da China no domingo recebeu um chamado de emergência para pousar no recife de Fiery Cross para retirar três trabalhadores seriamente doentes.

Eles foram levados pelo avião de transporte para a ilha de Hainan para receberem tratamento, afirmou a reportagem, mostrando uma imagem da aeronave no solo em Hainan.

Foi a primeira vez que os militares chineses admitiram publicamente pousar uma aeronave em Fiery Cross, segundo o influente tabloide Global Times.

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||