"A Terceira Guerra Mundial já começou e está sendo lutada na Síria"

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de setembro de 2016.

 

Tarek Ahmad, membro do Partido Social-Nacionalista Sírio, disse que a guerra em seu país chegou a um beco sem saída, com a intervenção de potências estrangeiras transformando a situação em uma bagunça caótica. Segundo o político, a Síria é apenas uma das frentes da "Terceira Guerra Mundial", travada por Washington e seus aliados.

O Partido Social-Nacionalista Sírio é um dos maiores e mais antigos da República Árabe. Cerca de 8 mil membros do seu braço armado, conhecido como Águias do Redemoinho, têm lutado com sucesso ao lado das forças de Damasco contra os jihadistas. Ao mesmo tempo, o partido se mantém como um membro-chave da Frente Popular para a Mudança e Libertação, bloco da oposição no parlamento.  

Falando à Sputnik, Ahmad explicou que o cenário militar no país chegou a um impasse devido à intensificação da crise política a partir da intervenção de potências regionais e mundiais não convidadas, como os Estados Unidos, responsáveis por um recente ataque contra o exército sírio em Deir ez-Zor. 

"O objetivo dos EUA não é limitado à Síria", disse ele, explicando que a posição americana é tática, e não estratégica. "A frente síria não é um objetivo em si. Precisamos analisar essa questão objetivamente, e admitir que uma Terceira Guerra Mundial está ocorrendo na Síria, guerra essa liderada pelos EUA e seus aliados, mesmo que esses aliados, simultaneamente, sejam vítimas também".

Artilharia do exército sírio em Idlib

 

Segundo o político, "o principal objetivo da América" é controlar qualquer potência internacional que ameace o seu controle. "Consequentemente, Washington está travando uma guerra contra essas potências. E essas potências incluem China e Rússia".

Por último, Ahmad opinou que "as mentiras contadas pelo presidente Barack Obama na Assembleia Geral da ONU são, meramente, a continuação do 'show de TV americano', cujo enredo consiste no desejo dos EUA de continuar essa guerra". 

"Toda ação dos Estados Unidos tem como objetivo continuar essa guerra, para controlar o mundo". 

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||