Tempestade "Earl" deixa 54 mortos no México

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

17 de agosto de 2016.

 

O número de mortes provocadas pela passagem da tempestade tropical "Earl" pelo estado de Puebla, no centro do México, subiu para 41, com o que já são 54 as vítimas mortais do fenômeno no país, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

"Lamento informar que até o momento o número de mortos pela tempestade tropical 'Earl' é de 41. Meu abraço e apoio para suas famílias", afirmou em sua conta no Twitter o governador de Puebla, Rafael Moreno Valle.

Com isso, o número de mortes causadas pelos efeitos remanescentes da tempestade tropical subiu para 54, das quais 13 ocorreram no estado de Veracruz.

A estas mortes se soma outra no estado de Hidalgo, que ainda não foi registrada como consequência direta do fenômeno "Earl" porque resta determinar as causas oficiais da morte.

Em Puebla até 1.600 casas foram atingidas após o deslizamento de colinas na Sierra Norte do estado, e em Veracruz a apuração oficial contabilizou outros 6.300 imóveis danificados e 32.500 afetados.

"Earl" foi perdendo força em sua trajetória pelo território mexicano, mas desencadeou efeitos remanescentes - caracterizados por fortes chuvas - que provocaram grandes estragos.

Fonte: EFE.

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||