Seca mata 102 milhões de árvores na Califórnia

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

21 de novembro de 2016.

A seca na Califórnia matou mais de 102 milhões de árvores,  o que aumenta o risco de incêndios catastróficos e outras ameaças aos seres humanos, disseram autoridades.

A pesquisa realizada pelo serviço florestal dos EUA mostra que 36 milhão árvores morreram a mais desde maio no estado e que houve um aumento de 100% desde 2015.

"Essas árvores mortas continuam a elevar o risco de incêndios, complicando nossos esforços de responder com segurança e eficácia aos incêndios quando eles ocorrem e representam uma série de ameaças à vida e a propriedade", disse o secretário de Agricultura dos EUA, Tom Vilsack, em um comunicado.

A Califórnia sofreu cinco anos de seca marcada por um recorde de baixa quantidade de neve de montanha e temperaturas quentes. A seca deixou as árvores sedentas e propensas a infestação por besouros de casca.

No final do ano passado, o governador Jerry Brown formou uma força-tarefa encarregada de encontrar maneiras de remover as árvores que ameaçam os motoristas e as comunidades.

Vilsack pediu ao Congresso para agir, dizendo que mais financiamento federal deve ir para a luta contra incêndios, como a remoção de árvores mortas para melhorar a saúde das florestas.

Funcionários estão trabalhando para transformar mais árvores em madeira serrada, queimá-las em plantas de energia ou descartá-los em incineradores para eliminá-los como combustível para incêndios.

Alguns ambientalistas argumentam, no entanto, que uma morte é parte do ciclo de vida de uma floresta saudável. Eles favorecem em deixar as árvores que precisam ser cortadas no chão da floresta para se decompor e servir como habitat da vida selvagem.

A maioria das árvores mortas estão no centro e sul da Serra Nevada, dizem autoridades. No entanto, eles também estão começando a encontrar árvores mortas nos condados do norte da Califórnia, como Siskiyou, Modoc, Plumas e Lassen.

Mais árvores devem morrer até 2017, dizem funcionários do Serviço Florestal dos EUA.

As pessoas assumem que o número de tábuas equivale a muitas árvores mortas, mas a supressão de incêndios criou florestas anormalmente verdes, com muito pouco incêndio e árvores mortas, disse Chad Hanson, ecologista da floresta no John Muir Project do Instituto Earth Island.


Fonte: KSBW 8

Tradução: Últimos Acontecimentos.

 

 

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||