ONU pede ação rápida e decidida para mudanças climáticas

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

19 de maio de 2016.

 

A mexicana Patricia Espinosa, escolhida como novo responsável da ONUpara a mudança climática, mostrou nesta quinta-feira sua disposição a trabalhar com todos os governos e deixou claro que, após o Acordo de Paris, "é a hora da implementação e da ação", que deve ser "rápida, decisiva e sustentada".

Espinosa, atual embaixadora do México na Alemanha, substituirá a partir de julho a costa-riquenha Christiana Figueres como secretária executiva da Convenção Marco das Nações Unidas sobre a Mudança Climática, organismo com sede em Bonn (Alemanha).

Sua nomeação por parte do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, ocorre enquanto negociadores dos duas centenas de países signatários do Acordo de Paris analisam em Bonn os mecanismos para aplicá-lo e cumprir com os compromissos adquiridos para limitar o aquecimento global.

Em comunicado, Espinosa se mostrou honrada pela confiança depositada nela para enfrentar um grande desafio: proteger o clima do planeta, evitar consequências desastrosas e, ao mesmo tempo, aproveitar as oportunidades de um desenvolvimento sustentável para todos, assentado em uma transição mundial para uma economia baixa em emissões.

"Estou pronta para trabalhar com todos os governos, assim como com todas as partes interessadas, para tornar realidade os inspiradores objetivos e as ambições do novo acordo da ONU sobre o clima adotado em dezembro em Paris", garantiu a ex-ministra de Relações Exteriores do México.

Figueres, por sua vez, ressaltou a experiência e os conhecimentos da diplomata mexicana sobre as negociações internacionais diante da mudança climática, após mais de 30 anos de experiência ao mais alto nível.

"Espinosa é a pessoa correta e que chega no momento preciso para fazer avançar o histórico Acordo de Paris", garantiu.

A embaixadora mexicana assumirá o cargo formalmente em julho, meses antes da nova conferência da ONU sobre mudança climática que se realizasse em Marrakech (Marrocos), de 7 a 18 de novembro.

Fonte: EFE.

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||