Ondas invadem Orla do Rio e causam destruição

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

29 de outubro de 2016.

 

A Orla do Rio foi atingida por uma forte ressaca e o mar invadiu o calção da praia do Leblon, na Zona Sul, interditando o tráfego de veículos nas vias próximas ao calçadão. As Ondas atingiram os quiosques e ainda destruíram as proteções laterais e o piso de madeira do Mirante do Leblon, no início da Avenida Niemeyer, que está interditado.

Alguns prédios da Orla também tiveram transtornos provocados pela água do mar e areia, comprometendo portões e garagens, que ficaram alagadas.

A forte ressaca já estava prevista pelo Centro de Hidrografia da Marinha do Brasil. Segundo o alerta, a previsão era de que a partir das 22h de sexta (28) até às 10h de segunda-feira (31), o litoral do Rio até a cidade de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos apresentaria ondas de até 4 metros.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio também informou que a Ciclovia Tim Maia está interditada, no trecho entre São Conrado, na Zona Sul e a Barra da Tijuca, na Zona Oeste desde às 22h30 de sexta-feira (28). A medida de segurança faz parte do protocolo adotado pela Prefeitura após o acidente em abril deste ano, quando parte da ciclovia despencou devido a ressaca, causando a morte de duas pessoas.

O Centro de Operações da prefeitura do Rio recomenda que, durante o período da ressaca, a população evite o banho de mar nas áreas onde as ondas estejam muito fortes,  bem como a prática de esportes no mar. 

A Prefeitura também orienta que a população evita ficar em mirantes na orla e em locais próximos ao mar, além de trafegar de bicicleta pela Orla, caso as ondas voltem a atingir a ciclovia. O alerta é estendido ainda para que os pescadores não naveguem durante o período de ressaca.

Equipes da Comlurb, com cerca de 200 garis, atuam no Leblon e no início da Barra e do Pontal, no Recreio na limpeza e retirada do grande acúmulo de areia levada pela ressaca, que se deslocou para as pistas da Orla nesses bairros. Nas redes sociais a ressaca virou um dos assuntos deste sábado (29). 

Fonte: Sputnik

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||