Marte: O planeta que não para de nos surpreender

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

26 de junho de 2016.

 

Pesquisadores da NASA descobriram na superfície de Marte um relevo extraordinário que à primeira vista lembra uma cratera invertida, informa o site da agência.

A imagem foi obtida graças ao instrumento HiRISE (High Resolution Imaging Science Experiment), uma câmera que permite fotografar com resolução acima de 0,3 metros. A câmera está instalada na base interplanetária polivalente MRS (Mars Reconnaissance Orbiter).

Os cientistas pressupõem que noutra época isto fosse uma cratera de impacto ordinária que começou se enchendo de matéria fundida. Passado algum tempo, ela endureceu e se tornou mais firme do que a superfície do planeta vermelho, por isso sofreu menos erosão.

Cratera em Marte

Hoje em dia, as pesquisas em Marte são realizadas por cinco estações orbitais. À superfície do planeta funcionam dois roveres marcianos americanos: o Opportunity (desde 2004) e o Curiosity (desde 2012). Em meados de 2016 à órbita do planeta deve chegar a sonda russo-europeia ExoMars, que pressupõe tanto pesquisas orbitais quanto a possibilidade de plantio e de trabalhos no solo.

Fonte: Sputnik.

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||