Haiti, Jamaica e Cuba se preparam para o poderoso furacão Matthew

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

02 de outubro de 2016.

 

O furacão Matthew, o mais poderoso a passar pelo Caribe em uma década, avançava neste domingo (2) para o norte, em direção ao Haiti, Jamaica e Cuba, em uma trajetória que os meteorologistas consideram que poderia levá-lo também à costa leste dos Estados Unidos.

Às 9h GMT (6h de Brasília) o Matthew avançava lentamente para o noroeste, a uma velocidade de sete km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, que tem sede em Miami, depois de ter passado pela costa Caribe da Colômbia e da Venezuela no sábado.

Depois de alcançar na sexta-feira à noite a categoria máxima na escala Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5, o Matthew perdeu força no sábado, mas permanecia neste domingo um furacão perigoso de categoria 4, com ventos de 240 km/h.

Isto faz dele o fenômeno de maior força no Caribe desde o furacão Félix em 2007.

Furacão Matthew é visto em imagem capturada pela Nasa (Foto: NOAA/NASA Goddard MODIS Rapid Response Team/Handout via REUTERS)
 

De acordo com a trajetória prevista, o centro do Matthew passará perto da Jamaica na segunda-feira, provocando fortes chuvas, e tocará a terra no Haiti.

O CHN prevê que o furacão prosseguirá sua trajetória para o norte, atingido a parte leste de Cuba entre segunda-feira e terça-feira, antes de seguir para as Bahamas.

Matthew estava 555 km ao sul-sudoeste de Porto Príncipe, capital do Haiti, e quase à mesma distância ao sudeste de Kingston, Jamaica, indicou o NHC.

Fonte: AFP.

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||