Furacão Earl deixa mais de 46 mortos no México

"...e grandes sinais do céu." Lucas 21:11

10 de agosto de 2016.

 

O furacão Earl já deixou 46 mortos no México, mas o número de vítimas pode subir nas próximas horas, já que, de acordo com as autoridades locais, há ao menos 11 pessoas desaparecidas. Familiares, voluntários, soldados e bombeiros tentam localizar os desaparecidos em meio ao lodo e às pedras arrastadas pelos ventos e chuvas. 

A previsão meteorológica para os próximos dias também não é otimista e as chuvas devem continuar. O governo mexicano acredita que 100 mil pessoas estejam em área de risco nos estados de Oaxaca, Guerrero, Hidalgo, Veracruz e Puebla. Outras 50 mil já foram obrigadas a deixarem suas casas. 

O coordenador geral da Defesa Civil, Felipe Puente, informou que a maioria das vítimas é do estado de Puebla (31 mortos), principalmente da cidade de Huauchinango, onde uma colina desmoronou em cima do povoado no último domingo e matou 11 pessoas.

Em Puebla, várias regiões também estão isoladas, sem comunicação, devido aos deslizamentos de terra. O governo abriu sete abrigos temporários para 1,8 mil pessoas. Antes de chegar ao México, o furacão Earl passou por Belize e pelo norte da Guatemala.

Fonte: ANSA.

voltar para Grandes sinais do céu

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||